Vale-ES
Vale-ES
Supermercados Perim - Itaparica - Vila Velha/ES
Projeto Usina VIII – Vale/ES
Usina VIII - VALE
Pavimentação em concreto armado
Aeroporto Santos Dumont – Rio de Janeiro/RJ
Morada dos Pássaros – Jundiaí/SP

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM SÃO PAULO 2012

27/02/2013

No último dia 19/02, em São Paulo/SP, o SECOVI/SP divulgou o Balanço do Mercado Imobiliário em 2012. Tivemos o prazer de prestigiar o evento e acompanhar os dados mais atuais sobre o comportamento e as tendências do mercado imobiliário na Grande São Paulo, comparado com as 8 (oito) maiores capitais do país, dentre elas Vitória/ES.

O SECOVI-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo) trabalha desde 1946 com iniciativas do setor imobiliário que beneficiam diretamente seus associados e representados. Além da forte ação institucional, o Secovi-SP elabora e dissemina conteúdo e informações relevantes entre as empresas do mercado imobiliário, como pesquisas, índices e legislações.

Elaborado pelo Departamento de Economia e Estatística, coordenado pelo economista-chefe do Sindicato, Celso Petrucci, em resumo, o balanço confirma que o setor foi impactado pelo comportamento da economia do País, diretamente influenciada pela crise mundial em 2012. O Produto Interno Bruto brasileiro iniciou 2012 com perspectiva de crescimento da ordem de 3,5% a 4%, mas encerrou o último exercício com incremento em torno de 1%. Isso afetou a todas as atividades produtivas, incluindo o mercado de imóveis.

Outros aspectos econômicos importantes citados no estudo, informa que o mercado enfrentou dificuldades para viabilizar seus empreendimentos. O excesso de burocracia, aliado aos gargalos no processo de licenciamento de projetos e ao término do estoque de outorga onerosa em grande parte da cidade, gerou forte escassez de terrenos.

Em função desse cenário, o volume de lançamentos de imóveis residenciais novos na capital paulista, conforme dados da Embrae-sp, recuou 27%, com aproximadamente 28 mil apartamentos. Por sua vez, as vendas continuaram aquecidas, com desempenho próximo ao registrado em 2011. Foram comercializadas quase 27 mil unidades, resultado 4,8% menor em relação ao ano anterior. Comportamento similar foi registrado na Região Metropolitana de São Paulo.

No tocante aos imóveis comerciais, a capital paulista encerrou 2012 com redução de 14% no volume de lançamentos de conjuntos de escritórios. E no que diz respeito aos financiamentos com recursos da caderneta de poupança, a Abecip (Associação Brasileira das entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) registrou concessão de crédito de R$ 82,8 bilhões, contra R$ 79,9 bilhões em 2011, mas o total de unidades contratadas foi 8% inferior.

Ao contrário de 2012, as perspectivas para 2013 são melhores. Os momentos de euforia na economia se foram e o setor, com maturidade, promoveu os necessários ajustes nos modelos de produção. Agora, o mercado deve se desenvolver no mesmo ritmo da economia brasileira. Por outro lado mecanismos de simplificação e agilização nos processos de licenciamento poderão influir positivamente no desempenho do segmento. Estimamos que, em relação ao ano anterior, haja um aumento de 10% no total de unidades lançadas e de 3,5% a 5% no volume de vendas.

A CiaBrasil Engenharia está presente desde maio de 2012 no mercado imobiliário paulista, construindo em parceria com a incorporadora Del Porto Empreendimentos Imobiliários 560 unidades no empreendimento Morada dos Pássaros, na cidade de Jundiaí/SP.



Rua Henrique Moscoso, 833 - Edifício New York, salas 401 e 408, Centro - Vila Velha/ES / CEP: 29100-021 - Tel.: (27) 3329-0155