Vale-ES
Vale-ES
Projeto Usina VIII – Vale/ES
Morada dos Pássaros – Jundiaí/SP
Aeroporto Santos Dumont – Rio de Janeiro/RJ
Supermercados Perim - Itaparica - Vila Velha/ES
Usina VIII - VALE
Pavimentação em concreto armado

Produtividade em Obras Corporativas

18/06/2013

                       Por Jailer Lage

 

Do latim, corporatio, uma corporação é definida pela reunião de empresas pertencentes a um determinado setor.

Num ano em que as construtoras amargam fortes aumentos nos custos de mão de obra e materiais, a união entre as empresas e o aumento na produtividade passam a ser os grandes fatores compensatórios para que as margens possam se manter ao longo do ano de 2013.



Caso esteja se perguntando: “Mas e a redução de imposto para o setor referente à desoneração da folha de pagamento para 2013?“, logicamente se referindo à contribuição previdenciária (de 20% sobre a folha para 2% sobre o faturamento bruto), verá a resposta a seguir. Infelizmente, esta redução apenas pôde ser considerada para obras cadastradas no CEI a partir de abril de 2013 e, como se não bastasse, este benefício foi ganho através de uma Medida Provisória que expira em Junho deste ano. Trata-se de um assunto de pauta extensa que podemos voltar a dissertar num fórum futuro.

A incidência de fatores negativos que forçam um melhor desempenho das empresas no quesito produtividade é, de fato, muito grande. Até mesmo em Dubai, cenário em evidencia no setor da construção civil por conta das grandes obras que desafiam o impossível, os planejamentos se estendem além do esperado. A Torre Cayan, edifício que impressiona pelo formato imitando DNA humano, enfrentou atraso de 2 anos em sua execução.



A CiaBrasil Engenharia, por sua vez, trabalha forte em cima de dois pilares a fim de garantir os resultados. O primeiro, trata-se de manter a união com as empresas do setor, através de parceria forte com o SINDUSCON-ES; o segundo, é, de fato, o foco no aumento da produtividade. Um excelente exemplo contemporâneo através do qual a empresa tem colhido excelentes frutos, vem sendo feito na obra Morada dos Pássaros, em Jundiaí-SP, projeto pertencente ao programa “Minha Casa, Minha Vida”. Neste caso, traduzimos como “frutos” o “serviço de qualidade” relacionado às “margens asseguradas”, “novas tecnologias empregadas”, bem como à “satisfação e tranqüilidade dos nossos clientes”.

 

 

Nesta obra, tem sido aplicada a tecnologia de reboco em argamassa estabilizada, o que diminui os riscos inerentes à fabricação e aumenta a produtividade por já chegar à obra pronta (inclusive misturada).


 

Apoio: Jeferson Leandro; Ailton Oliveira; Leonardo Teixeira.



Rua Henrique Moscoso, 833 - Edifício New York, salas 401 e 408, Centro - Vila Velha/ES / CEP: 29100-021 - Tel.: (27) 3329-0155